Está Aqui
Home > Novidades > Apresentação Triumph Tiger 2018 (Tiger Tour)

Apresentação Triumph Tiger 2018 (Tiger Tour)

A Tiger Tour passou pelo concessionário Triumph Lisboa, apresentando as novas Tiger 800 e Tiger 1200 para 2018, que tão boa impressão nos deixaram em Milão.

Fomos conhecê-las um pouco mais a fundo!

Mais elegantes, com mais tecnologia, com muito mais opções de escolha. Muito mais…

XR como modelo base de apetência estradista, XRX como gama média e XRT como topo de gama. No fora de estrada temos as especificações XCX e XCA como a arma do “venha-o-que-vier”. Existe também uma versão low rider (para XR e XR) com cerca de menos 50mm de altura ao solo (20mm na 1200).

Estas são designações comuns às 800 e às 1200.

IMG_8146

 

A 1200 abandona o nome “Explorer” e perde 11kg. Continua a ser a mais potente mota com transmissão por veio, com 140cv e 6 novos mapas de motor (um Off-Road Pro que permite desligar ABS e Controlo de tracção).

Escape Arrow, cornering Lights (e Led diurno), novo painel de instrumentos em TFT, novos comandos no guiador retroiluminados (novo Joystick selector), Up&Down quick-shifter (Triumph Shift-Assist), key-less ignition, cruise-control melhorado, ecran Touring controlado electricamente, assistente de arranque em subida (hill assist), punhos e bancos aquecidos, 2 tomadas 12v e uma USB…

E ainda.. Suspensões WP semi-activas, ABS e Controlo de tracção com sensor de inclinação (medição inercial de 6 eixos) e Brembo radiais de 4 pistons com acção integrada.

Tudo o que existe de melhor e mais inovador no mercado, a Triumph colocou na sua maxi-trail (dependendo da gama, as costumizações são infinitas).

Ficamos muito bem impressionados com este enorme up-grade, sendo que a marca fala em cerca 100 alterações no chassis, motor e sistema de escape, para tornar esta máquina mais leve e eficaz.

 

Na Tiger 800, continuamos com os mesmos patamares na escolha de equipamento, sendo que as versões XC e XR têm mais diferenças estéticas do que as jantes raiadas.

Sendo uma categoria cada vez mais apetecida (as adventure de média cilindrada), existiram alterações no chassis e motor (200, segundo a marca) para continuar a ter um produto altamente competitivo.

No motor, um remapeamento para melhor a resposta dos 95cv, um escape mais leve e com melhor timbre, e uma 1a velocidade mais curta (para obter melhor tracção no fora-de-estrada, manobrabilidade e aceleração). Novo modo Off Road Pro semelhante ao da 1200 (com os também novos 6 mapas de condução).

Novo painel de instrumentos TFT, LED diurno, nova posição de condução e bancos redesenhados (privilegiando o conforto), cruise control e novo ecran deflector com 5 posições, e as não menos importantes..tomadas de energia (2 de 12v e 1 USB).

IMG_8161

As novas Tiger dizem-nos que a histórica casa inglesa tem estado atenta ao mercado, não só dotando as suas armas no segmento trail com as mais recentes tecnologias, assim como mantendo o seu característico tri-cilindrico vivo e com mais carácter que nunca.

O nosso especial apreço para o novo espaço da Triumph em Lisboa, muitos parabéns! Ficámos com a garantia de um test-drive em breve…

 

Galeria de fotos do evento AQUI

 

Alp
Top
Translate